Blog da Coroa

O outro lado do Cara!

Ressaca moral de Jarbas

Perder é sempre ruim. De goleada é pior ainda.

Eduardo Campos, governador de Pernambuco e neto de Miguel Arraes, deixará sua marca na história política desse belo estado. Seu resultado nas eleições de 3 de outubro, a se confirmar as intenções de voto, será mais que uma vitória.

Eduardo Campos provavelmente imporá a Jarbas Vasconcelos a maior derrota entre todas as eleições estaduais de 2010. Devolverá a derrota de seu avô com juros e correção monetária. Segundo pesquisa Vox Populi divulgada hoje, Campos tem 70% dos votos, enquanto Jarbas minguados 19%.

É sempre bom lembrar que Jarbas entrou nessa furada a pedido de Serra. O objetivo era garantir um palanque forte para o tucano na terra onde Lula reina absoluto. Não deu certo: Dilma tem 55% dos votos e não para de crescer. Serra está empacado na casa dos 22%.

Justiça seja feita: Jarbas não é nenhum mártir. Só aceitou o “convite” de Serra porque seu mandato como senador só se encerra em 2015. Não fosse isso, duvido que se atrevesse a disputar o governo de Pernambuco.

Além da incontestável derrota, Jarbas será obrigado a aturar aliados, como Sérgio Guerra e os prefeitos do PSDB, desembarcarem da sua campanha. Jarbas também perdeu para Eduardo o título de governador mais bem avaliado pelos pernambucanos.

No final das contas pouca coisa sobrará para o ex governador. Espero que pelo menos a moral para fazer oposição digna no restante do mandato como senador.

agosto 19, 2010 - Posted by | Política

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: