Blog da Coroa

O outro lado do Cara!

O Rio merece essa

Por alguma razão, a grande imprensa, em especial a Globo, tem predileção por noticiar crimes ocorridos no Rio de Janeiro, como se só lá existisse assalto, sequestro ou tráfico.  Ninguém está aqui a negar a violência carioca, mas é preciso ser imparcial.

Esse comportamento exacerbado nos últimos anos tem o propósito específico de atingir o Governador Sérgio Cabral e o Presidente Lula. Foi assim nos desastres provocados pela chuva, em que em no Rio a culpa era da “omissão” dos governos. Já em São Paulo a causa foi a intensa e anormal precipitação atmosférica.

Mas uma notícia publicada hoje, 1.6.2010, no Portal UOL  deve ser comemorada pelos cariocas: Estado do Rio atinge menor taxa de homicídio com intenção de matar em quase duas décadas

Balanço do Instituto de Segurança Pública (ISP) do Rio de Janeiro divulgado hoje (1º) constata que abril deste ano foi o mês com o menor número de homicídio doloso (com intenção de matar) de toda a série histórica do levantamento, iniciada em 1991. Em todo o Estado, houve 434 vítimas em abril, 108 a menos na comparação com o mesmo período no ano passado. A redução nesse período foi de 19,9%.

O levantamento do órgão, ligado à Secretaria de Estado de Segurança fluminense, também atesta queda em outros três indicadores. Na comparação entre abril de 2010 e abril de 2009, o número de vítimas de latrocínio (roubo seguido de morte) caiu de 27 para 11. Houve 526 menos casos de roubo de veículos, representando queda de 22,8%, e o índice de roubos de rua – seja em local público, em transporte coletivo e roubos de celular – recuou 12,5%, registrando 978 casos a menos. Ainda assim, foram registrados 6.871 casos de roubos de rua no mês.

Quanto à apreensão de drogas no Estado, os números também apresentam queda. Em abril de 2010, foram efetuadas 658 apreensões, ou 26,2% a menos do que em 2009. O estudo revela ainda que 48,9% das apreensões foram realizadas em municípios do interior.

Outro dado divulgado hoje trata do percentual de armas apreendidas, que caiu 13,7% no período. Por outro lado, o número de prisões aumentou, subindo 6,9% no quarto mês do ano, num total de 1.677 prisões no Estado.

Para tentar demonstrar que, ao contrário do que diz a grande imprensa, a segurança em São Paulo não está lá essas coisas, selecionei algumas notícias desse ano discretamente divulgadas.

1.6.2010 – Número de sequestros volta a crescer no estado –  Diário de São Paulo

10.5.2010 – A cada 15 dias, uma criança é violentada em escolas de São Paulo – Band

5.5.2010 – Cresce número de pessoas assassinadas por PMs – Agora São Paulo

1.5.2010 –  Homicídios crescem 23% em São Paulo – Folha Online

28.4.2010 – SP tem média de três sequestros relâmpagos por dia – A Tarde Online

23.4.2010 – Em um ano, crescem denúncias contra policiais de São Paulo – G1

20.4.2010 – Números da criminalidade nas ruas de SP que a Secretaria não divulga –  O Estado de São Paulo

28.1.2010 – Casos de latrocínio aumentam 42% em São Paulo – G1

junho 1, 2010 - Posted by | Segurança Pública

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: